common.jump_nav common.jump_nav.

Outras Entidades Europeias

Outros

  • Assume as tarefas que lhe foram delegadas pela Comissão Europeia em matéria de gestão de ações sobre temas pertinentes da UE incluídos num Plano de Comunicação anual. Cabe-lhe o papel de organismo intermediário na parceria estabelecida entre o Governo Português e a Comissão Europeia. Lança concursos, avalia as candidaturas, monitoriza a execução física e financeira das atividades executadas por terceiros e apoia a sua disseminação. Saber mais
  • Oportunidades de emprego e estágio na União Europeia, Conselho da Europa, OCDE, ONU e NATO. Saber mais

    Estágios Erasmus+
    No âmbito do Ensino Superior, poderá fazer mobilidade para estudos e para estágio enquanto estiver a realizar a licenciatura. Poderá ainda realizar um estágio Até 12 meses apos concluir a sua licenciatura e enquanto recém diplomado, nos 12 meses apos terminar a licenciatura. Apos esses 12 meses, já não será possível através dos Erasmus+.
    Os procedimentos de candidatura deverão ser tratados com a Universidade/instituição onde esta inscrito, uma vez que são as instituições com as quais temos um contrato estabelecido e que financiamos, que fazem a gestão administrativa do programa. Se é este o seu caso, deverá dirigir-se ao Gabinete de Relações Internacionais da sua instituição e solicitar mais informações nomeadamente sobre os prazos de candidatura, formulários a preencher, quais as Instituições de Ensino Superior do Espaço Europeu com que a sua Universidade/instituição tem acordo bilateral estabelecido, entre outro tipo de informações.
    Deixamos-lhe como sugestão duas plataformas onde existem várias ofertas de estágios, para diversas áreas de formação:
    Erasmus Intern
    Praxis

  • Concursos públicos a decorrer nas instituições e organismos da União Europeia, em particular nas que se localizam em Portugal. Saber mais
  • A European Student’s Union (ESU) é uma organização que integra 47 uniões nacionais de estudantes de 36 países e pretende representar os interesses culturais, sociais, educativos e económicos dos estudantes a nível europeu. Saber mais
  • As organizações de Ensino e Formação Profissional (EFP) podem aplicar o Sistema Europeu de Créditos do Ensino e Formação Profissionais (ECVET) no âmbito das atividades de mobilidade. Uma condição para a utilização do ECVET é a participação numa parceria ECVET, que deve juntar organizações envolvidas em: identificação dos resultados de aprendizagem adequados durante as atividades de mobilidade; fornecimento de programas de EFP aptos para satisfazerem estas necessidades; avaliação dos resultados de aprendizagem; e validação e reconhecimento dos créditos dos formandos quando do regresso às instituições dos respetivos países. Equipas Nacionais de Peritos promovem a adoção, a aplicação e a utilização do ECVET nos países do Programa e aconselham os organismos e instituições competentes em matéria de ensino e formação profissionais. Saber mais
  • Associação Europeia para a Garantia da Qualidade no Ensino Superior. Saber mais
  • Os Coordenadores Nacionais indicados pelas Autoridades Nacionais contribuem para a implementação do Quadro Europeu para assegurar a qualidade do Ensino e Formação Profissional. Visam apoiar a implementação do programa de trabalho e promover o desenvolvimento do quadro EQAVET, assegurar a qualidade, medir o sucesso, identificar áreas para melhoria e assegurar que a informação é veiculada de forma efetiva a todos os interessados. Saber mais
  • A plataforma eletrónica para a Educação de Adultos na Europa permite a ligação com outros utilizadores em toda a Europa; participar nas discussões e no intercâmbio de boas práticas; e aceder a um calendário de eventos europeus e nacionais, funcionalidades de pesquisa de parceiros e uma biblioteca de recursos.

    A EPALE é uma comunidade multilíngue de adesão livre para professores, formadores, investigadores, académicos, responsáveis políticos e todos quantos exerçam um papel profissional na área da Educação de Adultos na Europa, que já envolve mais de 11 mil profissionais. Esta comunidade foi alvo de divulgação por parte do respetivo Serviço Nacional de Apoio em Portugal, assumido pela ANQEP, tendo para isso contado com o apoio de várias entidades Portuguesas, de uma forma ou de outra, relacionadas com a Educação de adultos, nomeadamente, a Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação, na concretização dos seguintes vídeos, que agora disponibilizamos.

    Queira descarrega-los e utiliza-los em prol da disseminação da Educação de Adultos, através desta plataforma - EPALE!

    Vídeo 1
    Vídeo 2

    Registe-se e torne-se também membro da maior comunidade de Educação de Adultos na Europa!
  • A Erasmus Student Network (ESN) é a maior associação de estudantes na Europa. Foi criada em 1989 e registada em 1990 para apoiar e desenvolver o intercâmbio de estudantes. Está presente em mais de 430 IES de 37 países, tem cerca de 13.500 membros ativos cuidando de estudantes internacionais e envolve cerca de 29.000 jovens que prestam serviços a cerca de 180.000 estudantes internacionais anualmente. Saber mais
  • Os professores e as escolas que participam no portal eTwinning (geminação eletrónica de escolas) recebem apoio dos respetivos Serviços de Apoio nacionais durante o processo de registo, na localização de parceiros e nas atividades dos projetos; promovem a ação; atribuem prémios e selos de qualidade; e organizam atividades de desenvolvimento profissional para professores. Saber mais
  • Destina-se a ajudar as pessoas a apresentarem e documentarem as suas competências e qualificações de forma clara e transparente em toda a Europa. Facilita a comunicação entre os candidatos a emprego e os empregadores, assim como a mobilidade para fins de trabalho ou aprendizagem. O primeiro ponto de contacto para qualquer pessoa ou organização interessada em utilizar ou ficar a saber mais acerca do Europass é o Centro Nacional Europass, que coordena todas as atividades relacionadas com os documentos Europass. Saber mais
  • É um dos projetos da ESN visando apoiar estudantes portadores de deficiência a ultrapassar os obstáculos à sua participação em projetos de mobilidade internacional. Estudar no estrangeiro é um momento desafiador para os jovens, mas pode ser ainda mais difícil para os estudantes com deficiência. Saber mais
  • Onde se encontram oportunidades para iniciar uma viagem internacional. Saber mais
  • É outra iniciativa da ESN para promover a aprendizagem através da partilha de informações e experiências de aprendizagem no âmbito da mobilidade internacional. Os Embaixadores da Mov'in Europa dão a conhecer oportunidades de mobilidade internacional, desde mobilidade para estudos, realização de estágios ou mesmo atividades de voluntariado. Saber mais
  • National Academic Recognition Information Centre, (Centros Nacionais de Informação sobre o reconhecimento Académico). A rede NARIC presta informações acerca do reconhecimento de diplomas e períodos de estudo passados noutros países europeus, assim como dá aconselhamento sobre diplomas académicos estrangeiros no país onde o NARIC está estabelecido. A rede presta aconselhamento abalizado a qualquer pessoa que viaje para o estrangeiro para fins de trabalho ou enriquecimento académico, mas também a instituições, conselheiros, pais, professores e potenciais empregadores. Saber mais
  • É um motor de busca sobre oportunidades educativas na Europa. Saber mais
  • A plataforma de estágios de estudantes e projetos internacionais cofinanciada pela União Europeia entre 2011 e 2014 no âmbito do programa Erasmus para o mercado virtual europeu de projetos e estágios. Saber mais
  • Os Coordenadores Nacionais apoiam as Autoridades Nacionais no estabelecimento do Quadro Nacional das Qualificações, referenciado ao Quadro Europeu de Qualificações, incluindo no que respeita a certificados de qualificação, diplomas e documentos Europass emitidos pelas autoridades competentes. Saber mais
  • A rede europeia de centros nacionais de recursos e de informação que visa promover o ensino e a formação profissionais europeus e fornecer informação sobre a aprendizagem ao longo da vida e a mobilidade para fins de aprendizagem. Destina-se a técnicos de orientação profissional e responsáveis políticos tanto do setor educativo como do setor do emprego nos países europeus. Saber mais
  • Contribui para uma melhor compreensão da estrutura e organização dos sistemas de educação europeus. Inclui descrições detalhadas e perspetivas gerais dos sistemas nacionais de educação, relatórios temáticos comparativos, indicadores e estatísticas e diversos factos e números sobre educação, tais como estruturas nacionais de educação, calendários escolares, comparações de salários dos professores e de tempos letivos exigidos nos diversos países e níveis de educação. Saber mais
  • O Selo Europeu das Línguas é um prémio que tem como objetivos incentivar novas iniciativas no domínio do ensino e aprendizagem de línguas , premiar novos métodos de ensino de línguas e sensibilizar para as línguas regionais e minoritárias. É atribuído uma ou duas vezes por ano nos países participantes ao projeto de aprendizagem de línguas mais inovador (para ajudar a elevar o nível de ensino de línguas na Europa), à pessoa que obteve os maiores progressos na aprendizagem de línguas estrangeiras e ao melhor professor de línguas. Saiba mais informações na página do facebook do Selo Europeu.

    Candidaturas 2018:
    -Regulamento
    -Formulário de Candidatura
  • Inclui uma base de dados de potenciais parceiros, um catálogo de cursos e oportunidades de mobilidade para missões de ensino e jobshadowing. Saber mais
  • O Study & Research Abroad é um guia para a mobilidade académica e científica destinado a quem pretenda realizar uma experiência de mobilidade internacional, no âmbito de atividades de ciência, tecnologia e ensino superior. Apoia a mobilidade internacional de estudantes, investigadores, docentes e não docentes através de disponibilização de informação e recomendações e de apoio pelos serviços existentes. Study & Research Abroad acompanha o Study & Research in Portugal, uma plataforma de valorização e internacionalização do ensino superior, da ciência e da tecnologia, orientada para estudantes, investigadores, empresas e instituições de ciência e tecnologia. Saber mais
  • Instituições de Educação e Formação Profissional podem encontrar parceiros para os seus projetos de mobilidade através da plataforma erasmobility. Esta plataforma foi criada especificamente para instituições deste setor interessadas em parcerias de colaboração diretas, sem a contratação de intermediárias.

    A plataforma é o resultado de um projeto KA2 – Parcerias Estratégicas – no âmbito VET e visa responder a 3 aspetos centrais no desenvolvimento, candidatura e execução de projetos de mobilidade:
    - Colaboração entre parceiros: encontrar empresas, instituições e acolhimento
    - Sustentabilidade e impacto: promover o trabalhar em atividades de qualidade conjuntas entre as instituições parceiras
    - Liberdade financeira: poupar gastos que surgem na contratação de intermediárias

    Encontre mais informação na brochura e explore as possibilidades!
common.back_top